sábado, 31 de dezembro de 2011

CONHEÇAM O GRUPO LOUVOR ERRADO!

A Primeira Igreja Batista de Orlando produziu um vídeo destacando de forma bem humorada a superficialidade do louvor entoado por alguns crentes. 
Rapidamente tornou-se um viral no Facebook e fez com que muitos usuários da rede social fizessem uma reflexão mais séria sobre o assunto. 
Os cantores no vídeo são Livings George, Doug Pierce e Melissa Vasquez, todos são membros do ministério de adoração da Primeira Igreja Batista. 
A ideia originalmente era ilustrar um sermão pregado naquela igreja falando sobre o “culto errado”. 
A Primeira Igreja Batista de Orlando explica, na descrição no YouTube, que o vídeo serve para mostrar que “às vezes, quando adoramos, não estamos sendo sinceros. 
Queremos ilustrar como seria se estivéssemos cantando o que realmente pensamos”.


assista o vídeo aqui



sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

JESUS E SUA ÉPOCA - DOCUMENTÁRIO

CONVERTI UM MATERIAL MARAVILHOSO SOBRE JESUS E SUA ÉPOCA, ELE NÃO EXISTE EM DVD E POSTO AQUI. É UM ESTUDO BÍBLICO EM 3 CAPÍTULOS: (COPIE O ENDEREÇO E VÁ ATÉ ELE) Capitulo 1: http://www.4shared.com/rar/U05hmo5H/Documentario_-_Jesus_e_Sua_poc.html? Capitulo 2: http://www.4shared.com/rar/16ZZSm0j/Documentario_-_Jesus_e_Sua_poc.html? Capitulo 3: http://www.4shared.com/rar/AtsGrupd/Documentario_-_Jesus_e_Sua_poc.html? BAIXE E BONS ESTUDOS !!! Siga-me no twitter: JUNIORFIRMINO2 - https://twitter.com/#!/juniorfirmino2

OUÇA ESSA PALAVRA SOBRE CURA !!

PRIMEIRA VAQUEJADA GOSPEL DO BRASIL

OUÇA A CHAMADA DE RÁDIO DA PRIMEIRA VAQUEJADA GOSPEL DO BRASIL NA CIDADE DE MONTANHAS, DIA 6 DE JANEIRO DE 2012, SAÍDA DO ÔNIBUS DA IGREJA REFUGIO DA GRAÇA EM NEOPOLIS, NATAL-RN. ENDEREÇO PARA OUVIR A CHAMADA: PAZ SEJA COM VOCÊS !

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Esses são os Fundamentos do Ministério Cristão

O fundamento do ministério é o caráter. A natureza do ministério é o serviço. O motivo do ministério é o amor. A medida do ministério é o sacrifício. A autoridade do ministério é a submissão. O propósito do ministério é a glória de Deus. As ferramentas do ministério são a Palavra de Deus e a Oração. O privilégio do ministério é o crescimento. O poder do ministério é o Espírito Santo. O Modelo do ministério é Jesus Cristo. Pr. Júnior Firmino - Missionário SEPAL Nordeste

segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

UM GRITO DE ALERTA

Vivemos um tempo difícil pra Igreja do Senhor Jesus onde pessoas se achegam, seduzidos pelas promoções das prateleiras eclesiásticas. Esse modelo induz as pessoas a adorarem a Deus por aquilo que ele dá e não por quem Ele é. E os monstros gospel's que surgem do limbo se alimentam do dinheiro, do status, da vanglória dos "crentes" e dos holofotes dos mega-templos. Não se anuncia o senhorio de Cristo, apenas os benefícios da fé. Os crentes acabam tratando a Bíblia como um amuleto e, supersticiosos, continuam presos ao medo. Vive-se uma religião de consumo. Cremos na ressurreição de uma geração que destruirá essas falácias com a integridade mostrada no dia a dia e a simplicidade do viver a fé em Cristo sem receios. Pra isso vivo, para isso fui chamado, guarda-me Senhor das tentações. Tenho dito.

sábado, 5 de novembro de 2011

Ser evangélico, estar evangélico, viver o evangelho.

I belong to Jesus. (Eu pertenço a Jesus) Muitas pessoas hoje se autodenominam evangélicas. Mas o que isso quer dizer? Ser evangélico significa fazer parte de um segmento social, de uma classe religiosa ou viver compromissado com princípios bíblicos? Existe muita diferença entre estas três realidades de expressão religiosa. Vejamos de maneira mais explícita. Tipo 1: Ser evangélico. Alguém que se identifica com um segmento religioso. Procura as aparências, a experiência, mas jamais um compromisso de mudança interior. Seu arqui-inimigo é o Diabo, adora participar de seminários de libertação espiritual, amarrando, destronando e decretando vitória sobre o Maligno. Gosta quando o pregador "desenrola o manto" e fala em "mistério", mas vive sempre na "misericórdia" de Deus. Boa gente, mas muito inocente, geralmente levado por vários ventos de doutrinas. Acredita que Deus é evangélico e que todas as pessoas que não são evangélicas são instrumento do capeta. Não ouve rádio que não seja "crente", e televisão, só se forem programas de conteúdo bíblico. A maioria é alienado ao que acontece fora do “arraial gospel”. Tipo 2: Estar evangélico. Alguém que nunca defendeu nenhum tipo de religião, mas encontrou no mercado gospel um espaço para vender seus produtos. Cd's, coletâneas, camisetas,.... Cantores da década de 80 e 90, jogadores de futebol, pagodeiros, dançarinos e atores pornôs que tentam dar uma “guinada” na sua carreira e reputação se filiando com "igrejas marqueteiras", onde um usa o outro para trazerem público e prestígio (????) para a denominação. Mal se convertem e já são alçados a pregadores e "testemunhadores" profissionais. Vivem disso e as vezes cobram "cachê" para contarem o milagre da sua conversão. São tratados como celebridades pelos crentes desavisados, e os holofotes devem estar sobre eles. Quando caem no ostracismo novamente, geralmente deixam a denominação, a igreja e Jesus, pois nunca mantiveram um compromisso real com ninguém a não ser consigo mesmos. Tipo 3: Viver o Evangelho. Este é o crente que possui compromisso com o Senhor. Que sabe que a salvação é um processo doloroso de transformação e mortificação pessoal. Seu arqui-inimigo é ele mesmo, que tentado pelas paixões e vontades, vence pela fé e pelo uso da Graça de Deus em sua vida. Não cultua homens, mas Deus. Sabe que homens são meros instrumentos, e que a experiência deve sempre estar atrelada a Palavra de Deus. Mesmo tendo prejuízo, cumpre a sua palavra, pois é sim ou não. Sua fé não é "bipolar", pois conhece Aquele em quem tem crido. E portanto mesmo diante de dificuldades e obstáculos não esmorece. O Diabo, na maioria das vezes é um instrumento de aperfeiçoamento e descoberta de seu próprio caráter. Sabe que apesar da fé e do conhecimento bíblico é total dependente de Deus em tudo, e que não há nada dele do que se deve gloriar a não ser o fato de ser Filho de Deus. Seu compromisso é com a Palavra de Deus e com os princípios da fé. Reconhece que muito mais do que uma religião, Jesus deixou um estilo de vida. Eles estão a solta! Texto: Bruno dos Santos (Pastor da Igreja Vida Nova em São Paulo).

terça-feira, 20 de setembro de 2011

O que é perdão - PARTE 2

SERMÃO DOIS
O QUE É O PERDÃO
Maria conheceu um rapaz, e como é natural acontecer ela se apaixonou por ele.
Seus modos com ela eram de interesse e disposição em agradá-la.
Saíram juntos, tudo era novidade e alegria.
Até que quando voltaram para casa, já com o carro parado em frente de casa, a conversa tornou-se sem silêncio.
Primeiro um beijo, sentindo o avanço de suas intimidades, Maria tentou pará-lo, mas ele ficou violento, forço-a, abandonou-a e sumiu da cidade.
Ela ficou com sentimento de culpa, deprimida, violada e grávida.
Seus pais encontraram o rapaz em outra cidade e o trouxeram, ele parecia arrependido, a ponto de pedir perdão, mas ao ficarem sozinho, enfureceu-se novamente, desta vez surrou-a bastante antes de se dominado.

AFIRMAÇÃO
Quando somos ofendidos, muitas vezes dizemos que não foi nada, que as palavras não doeram, que as atitudes não feriram. Mas no íntimo ficamos a remoer o acontecido.

PROVA
RARO
O perdão é raro, ele não vira os olhos para outros lados, quando se pratica um mal.
O perdão nunca olha o pecado só por cima ou por alto.
Ele não torna o mal sem importância, não finge que o pecado não é um mal.
Perdoar não é ser educado e nem é só esquecer.
Muitos dizem que para se perdoar deve-se esquecer e perdoar.
Mas nós não esquecemos, quanto mais procuramos esquecer, tanto melhor para a memória.
É como a pessoa que está com insônia, quanto mais procura dormir, mais acordado fica.
Esquecer é o resultado do perdão completo nunca o meio de alcançá-lo. É o último degrau, e não o primeiro.

DIFÍCIL
Perdoar é muito difícil.
Quando somos atingidos pela traição de uma confiança ou pela quebra de uma amizade, queremos ater-nos ao ressentimento, defendemo-nos até a última palavra para colocar a culpa no devido lugar.
Mas o perdão rejeita ao ego que exige "seus direitos". Repudia a vingança aberta. Renega até os corteses e pequenos esquemas de que fazemos uso freqüente a fim de passar o outro "para trás".
Ao invés disso, ele prefere prejudicar-se, sofrer, e aqui nos defrontamos com uma das mais duras escolhas voluntárias que possa fazer o homem - aceitar o sofrimento sem merecer.

CARO
O perdão é difícil porque é caro.
O homem que perdoa paga um preço tremendo: o preço do mal que perdoou.
Se o estado perdoa um criminoso, a sociedade sofre a carga da ação criminosa.
Se quebro objetos de grande valor que você guardava zelosamente e você me perdoa, você sofre a perda e eu fico livre.
Suponha que eu arruíne sua reputação. Para me perdoar, você deve aceitar livremente as conseqüências de meu pecado e deixar-me livre.

SUBSTITUTO
O perdão custa caro porque é substitutivo.
Ninguém realmente perdoa a outro, a menos que suporte as conseqüências da ofensa sobre si mesmo.
Essa substituição teve sua expressão máxima em Jesus Cristo.
Jesus Cristo tomou o nosso lugar, suportando sua própria indignação, sua repulsa pelo nosso pecado. Esse é o preço do perdão.
Deus não podia ignorar nosso pecado e não dar-lhe importância. Essa seria nossa atitude humana de "não foi nada".
Não foi nada? Não feriu?
Sim, o pecado fere.
Deus tomou tão a sério o insulto total de nosso pecado que percorreu todo o caminho do Calvário para morrer.
A cruz mostra que o perdão foi e é substitutivo.
Quando Deus perdoa, Ele toma sobre Si os nossos erros, Ele assume o "prejuízo", uma dívida devida a nossa recusa em viver conforme Sua vontade, uma rebelião contra Seu amor.
Somente Deus poderia pagá-la, porém ela não é de Deus.
O homem é o devedor sem possibilidade de pagar.
Ler Romanos 5:01,06-11

PENORAÇÃO
Assim como Deus nos perdoa, assumindo nossos erros, nós também devemos perdoar uns aos outros (Col. 3:13).

sexta-feira, 5 de agosto de 2011

INTERJOVENS 2011

ACESSE ESTES LINKS ABAIXO E SAIBA TUDO SOBRE ESTE EVENTO.

http://www.youtube.com/watch?v=x9o-_DE09ng

http://www.youtube.com/watch?v=it1eb-gTIAk

PAZ SEJA CONVOSCO!!

quarta-feira, 13 de julho de 2011

Aos crentes críticos - Urgente

Acho que todos podem ser críticos de políticos no poder sem sermos agressivos.
A Agressão é a voz da ignorância.
É sempre bom lembrar aos administradores públicos que eles foram escolhidos por Deus por alguma propósito.
Peço então aos identificados como crentes no Senhor Jesus que prezem pelo amor e pela misericórdia (frutos típicos dos nascidos de novo).
"Lembra-lhes que se sujeitem aos que governam, às autoridades; sejam obedientes... não difamem a ninguém... sejam cordatos... para com todos os homens." Tt 3.1,2
"Todo homem esteja sujeito às autoridades superiores; porque não há autoridade que não proceda de Deus; e as autoridades que existem foram por ele instituídas. De modo que aquele que se opõe à autoridade, resistem à ordenação de Deus." Rm 13.1,2
A falta de submissão em casa, reflete diretamente na insubmissão as demais autoridades. (E isso incluo a Igreja)

Orar é a maneira do filho de Deus exercer a graça da intimidade com Deus.
Através da oração conversamos com o soberano do universo, não só louvando seus feitos como suplicando benções pessoais e coletivas. Em nosso texto, Paulo exorta o irmão Timóteo e Igreja a orar pela humanidade, especialmente pelas autoridades, de modo que elas, sendo corretas, tragam tranqüilidade e bem-estar a todos.

Quando o povo de Deus ora pela humanidade, por uma pessoa ou pelas autoridades está agindo segundo a vontade de Deus, o que garante sua realização (1 João 5:14-15).
"Exorto, pois, antes de tudo que se façam súplicas, orações, intercessões, e ações de graças por todos os homens, pelos reis, e por todos os que exercem autoridade, para que tenham uma vida tranqüila e sossegada, em toda piedade e honestidade" (vv 1 e 2).
Porém deve saber que essa oração independe da ATUAÇÃO da autoridade, do seu próprio posicionamento político ou o de sua congregação. Ela deve objetivar o encontro da paz pelo líder e na sua conseqüente mudança de caminho.
Portanto, povo de Deus, devemos suplicar, orar e interceder, com ações de graças, pelo Brasil e por nossa cidade.

Precisamos que boas lideranças sejam despertadas e pessoas corretas se disponham a servir sua pátria e a Deus. Isso nos trará uma vida tranqüila e sossegada, em amor e honestidade'.

Habitualmente somos críticos ferinos das autoridades e egoístas nas relações pessoais. Porém, nesse momento, rogamos por autoridades honradas, que saibam da enorme importância de seus cargos, e por libertação do espírito mesquinho e corruptor, sempre querendo levar vantagem(Inclusive aqueles que destacam nossos vis interesses). Pedimos em nome de Jesus.
Há pessoas espumando pela boca de ódio e falando palavras fora do padrão da linguagem cristã e embora esteja no intento de defender direitos, estão na verdade, pecando.
Destruir patrimônio público é crime e pecado, difamar é crime e pecado, o ódio não faz parte mais da nossa natureza.
Vamos vigiar.

OBS>: Não gosto de política, não sou advogado constituido de prefeita nem governadora, não sou funcionário publico, não sou candidato (nem a presidente de centro cívico), só sou um pastor zeloso na defesa da imagem do evangelho.

Recebam no amor de Cristo Jesus, Pr. Junior Firmino

terça-feira, 12 de julho de 2011

A mão que segurou o martelo

O instrumento da tortura
se torna um sinal de esperança,
é uma medida do amor do Senhor.
o encontro da eternidade com o nosso tempo
tanto amor e sofrimento significam
que os espinhos tambem podem formar coroas.

A mão que segurou o martelo, era na verdade a mão de Deus
A mão que recebeu o cravo era a mão de seu único filho.
As portas do céu se abriram quando Jesus abriu sua mão
e assim veio a nós sua misericórdia.

Ele construiu um altar para oferecer o próprio filho.
Como pode ter sido essa a vontade de Deus?
A intervenção dos céus foi uma voz que dizia:
Embora o sacrifício tenha que ser feito,
Abraão, o seu filho não será sacrificado.
Porém Deus não poupou seu próprio filho.

Cristo tomou o cálice e rompeu o véu e
quando Ele desejou aqueles cravos
veio a nós sua misericórdia.
A misericórdia esta entre nós.

segunda-feira, 6 de junho de 2011

PERDÃO PARTE 2

SERMÃO DOIS
O QUE É O PERDÃO
Maria conheceu um rapaz, e como é natural acontecer ela se apaixonou por ele.
Seus modos com ela eram de interesse e disposição em agradá-la.
Saíram juntos, tudo era novidade e alegria.
Até que quando voltaram para casa, já com o carro parado em frente de casa, a conversa tornou-se sem silêncio.
Primeiro um beijo, sentindo o avanço de suas intimidades, Maria tentou pará-lo, mas ele ficou violento, forço-a, abandonou-a e sumiu da cidade.
Ela ficou com sentimento de culpa, deprimida, violada e grávida.
Seus pais encontraram o rapaz em outra cidade e o trouxeram, ele parecia arrependido, a ponto de pedir perdão, mas ao ficarem sozinho, enfureceu-se novamente, desta vez surrou-a bastante antes de se dominado.

AFIRMAÇÃO
Quando somos ofendidos, muitas vezes dizemos que não foi nada, que as palavras não doeram, que as atitudes não feriram. Mas no íntimo ficamos a remoer o acontecido.

PROVA
RARO
O perdão é raro, ele não vira os olhos para outros lados, quando se pratica um mal.
O perdão nunca olha o pecado só por cima ou por alto.
Ele não torna o mal sem importância, não finge que o pecado não é um mal.
Perdoar não é ser educado e nem é só esquecer.
Muitos dizem que para se perdoar deve-se esquecer e perdoar.
Mas nós não esquecemos, quanto mais procuramos esquecer, tanto melhor para a memória.
É como a pessoa que está com insônia, quanto mais procura dormir, mais acordado fica.
Esquecer é o resultado do perdão completo nunca o meio de alcançá-lo. É o último degrau, e não o primeiro.

DIFÍCIL
Perdoar é muito difícil.
Quando somos atingidos pela traição de uma confiança ou pela quebra de uma amizade, queremos ater-nos ao ressentimento, defendemo-nos até a última palavra para colocar a culpa no devido lugar.
Mas o perdão rejeita ao ego que exige "seus direitos". Repudia a vingança aberta. Renega até os corteses e pequenos esquemas de que fazemos uso freqüente a fim de passar o outro "para trás".
Ao invés disso, ele prefere prejudicar-se, sofrer, e aqui nos defrontamos com uma das mais duras escolhas voluntárias que possa fazer o homem - aceitar o sofrimento sem merecer.

CARO
O perdão é difícil porque é caro.
O homem que perdoa paga um preço tremendo: o preço do mal que perdoou.
Se o estado perdoa um criminoso, a sociedade sofre a carga da ação criminosa.
Se quebro objetos de grande valor que você guardava zelosamente e você me perdoa, você sofre a perda e eu fico livre.
Suponha que eu arruíne sua reputação. Para me perdoar, você deve aceitar livremente as conseqüências de meu pecado e deixar-me livre.

SUBSTITUTO
O perdão custa caro porque é substitutivo.
Ninguém realmente perdoa a outro, a menos que suporte as conseqüências da ofensa sobre si mesmo.
Essa substituição teve sua expressão máxima em Jesus Cristo.
Jesus Cristo tomou o nosso lugar, suportando sua própria indignação, sua repulsa pelo nosso pecado. Esse é o preço do perdão.
Deus não podia ignorar nosso pecado e não dar-lhe importância. Essa seria nossa atitude humana de "não foi nada".
Não foi nada? Não feriu?
Sim, o pecado fere.
Deus tomou tão a sério o insulto total de nosso pecado que percorreu todo o caminho do Calvário para morrer.
A cruz mostra que o perdão foi e é substitutivo.
Quando Deus perdoa, Ele toma sobre Si os nossos erros, Ele assume o "prejuízo", uma dívida devida a nossa recusa em viver conforme Sua vontade, uma rebelião contra Seu amor.
Somente Deus poderia pagá-la, porém ela não é de Deus.
O homem é o devedor sem possibilidade de pagar.
Ler Romanos 5:01,06-11

PENORAÇÃO
Assim como Deus nos perdoa, assumindo nossos erros, nós também devemos perdoar uns aos outros (Col. 3:13).
Oremos a oração do PAI NOSSO.

terça-feira, 31 de maio de 2011

SÉRIE SOBRE PERDÃO - 1

NÃO POSSO JAMAIS PERDOAR

SERMÃO UM

Pronto. Acabei tudo com ela. Basta.
Não foi uma noite, mas dez anos, de luta, frustração, aferroada de ira vivida dia a dia.
Agora iria por um ponto final com sua esposa.
Tudo tinha começado tão diferente. A ternura do namoro, aqueles primeiros gestos, o entusiasmo quando nasceu o primeiro filho e depois os outros.
Então aconteceu a noite em que ela não quis falar, erguendo-se qualquer coisa cinzenta entre eles, algo impenetrável, uma distância intransponível.
O silêncio entre eles vagarosamente se estendeu meses afora.
Quando estavam juntos em casa, suas vidas estavam ainda vazias, marcadas pelas irritações, desprezo, e falta de perdão.

AFIRMAÇÃO
Todos nós enfrentamos situações em que somos ofendidos.
Ficamos revoltados, amargurados e finalmente guardamos rancor, inimizade e desprezo para com quem nos ofendeu.
Será esta a única forma de reagirmos frente a estes problemas?

PROVA
POR QUE EU DEVO PERDOAR?
POR QUE ALGUÉM TEM DE PERDOAR?
Todos nós temos uma convicção intima de que a pessoa que se comportou mal tem de pagar por seus erros.
Ela tem de ser punida, olho por olho, dente por dente.
Mas na maioria das vezes o acerto de contas fica além das possibilidades.

VINGANÇA
Assim surge a vingança.
Se você não pode obter pagamento exato ou restituição de que o logrou, de quem lhe ofendeu, ao menos pode vingar-se.
Pague-lhe na mesma moeda.
Sirva-o com o mesmo molho.
Vingue-se dele.
Quando você se vinga, pagando na mesma moeda, você torna-se igual a quem lhe ofendeu.
Você desce ao nível dele e mesmo abaixo.
Há um ditado que diz:
"Ultrajando teu inimigo, tu te colocas abaixo dele; vingando uma injustiça, estas no mesmo nível com ele; perdoando, estás acima dele."
A vingança não só o rebaixa ao nível do seu inimigo, pior que isso, ele retorna sobre você.
A vingança é a arma mais inútil do mundo. Ela destrói o vingador e ao mesmo tempo consolida ainda mais o inimigo no seu erro.
Ela inicia, uma excursão sem fim;
RANCOR, REPRESÁLIAS, IMPIEDOSAS DESFORRAS.

ÓDIO
Bom se eu não me vingar, poderei odiar, até aparecerem cascos, chifres, cauda e tudo o mais.
O ódio no íntimo do ser humano pode ocasionar resultados tremendos:
Transformará uma senhora agradável, em uma mulher, desconfiada e crítica.
Um homem afável, amigável, em senhor cínico e cáustico.
A ira incubada levará um homem a perder amigos.
um comerciante a perder fregueses.
um médico pacientes,
um advogado, clientes.
Além disto o ódio ocasiona:
pressão alta,
má digestão,
úlceras estomacais,
e até um esgotamento nervoso.
É um suicídio lento.
Se você quer continuar a odiar, continue, queime-se lentamente.

DESPREZO

Outra opção para que se sente ofendido, é o desprezo.
Dizem eles:
"Vou ignorá-lo, viverei e deixarei viver, esqueça a amizade, de hoje em diante tudo vai ser diferente."
Se cumprimentar-me, serei frio.
Se conversar, falarei somente o essencial.
VINGANÇA, ÓDIO, DESPREZO, tem separado as pessoas.

ENCARANDO A REALIDADE
Precisamos enfrentar o caso honestamente, você não pode permitir-se a luxúria dúbia de um coração que não perdoa.
Pois cada um de nós precisa de perdão constantemente.
Perdão de nossos companheiros e muito mais seriamente, o de Deus.
Aquele que não perdoa, queima a ponte por onde ele mesmo terá de atravessar para ser perdoado.
A pessoa que recusa a perdoar aos seus irmãos coloca-se à parte do perdão de outros.
Um coração que não perdoa é imperdoável.
É interessante notar que na Bíblia, Jesus Cristo entrelaça o perdão com o ser perdoado.
Ler Mateus 6:14,15.
Com relação ao amor, a Bíblia coloca de forma semelhante, o amor para com Deus implica em amor para com o próximo.
"Aquele que não ama não conhece a Deus, pois Deus é amor." I João 4:8
Ler Mateus 18:23-25
dinheiro ou denário = 4 gr. de prata
dinheiro talvez de um empréstimo
um talento = 6.000 denários, dez mil talentos = 60 milhões de denários
1 denário salário de um dia de trabalho.
Era muito dinheiro.
Compare: Impostos anuais pagos pela Judéia, Iduméia e Samaria chegavam a apenas 600 talentos e os da Galiléia e Peréia chegavam a apenas 200 talentos.
Uma dívida impossível de ser paga.
Talvez seu débito fora aumentado pelo processo de muitos anos. Gastara esse dinheiro com o decorrer do tempo.
Este homem, talvez um sátrapa, um ministro real, ignorava suas responsabilidades e abusara de sua posição e autoridade por longos anos.
Um débito impossível de ser pago.

FINALMENTE
Irmãos e amigos têm vocês guardados rancor contra alguém, seja ele, seu esposo ou esposa, irmão ou irmã, algum membro da igreja, seu chefe ou patrão. Ore por ele, quanto maior a ofensa, mais ore por ele, confesse sua incapacidade de perdoar, e sua vontade de pagar na mesma moeda. Busque a Deus de todo o vosso coração, pois Ele é fiel e justo para lhe dar o escape desta situação difícil. Amém.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Papel de parede do Diante do Trono 14 em Natal !

Baixe neste endereço

http://3.bp.blogspot.com/-iVM27CHA0UI/TV8qKqFgtWI/AAAAAAAACoc/IucXRRn0-ls/s1600/Wallpaper+Natal+DT+1.jpg

Deus abençoe a todos !!

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

ASSISTA ESTE FILME !

TRAILER PARA SALVAR UMA VIDA from BV FILMS on Vimeo.

Os 10 mandamentos e as bem-aventuranças.

Os 10 mandamentos e as bem-aventuranças.

O Mandamento e a razão de existir do mandamento

1. Não terás outros deuses diante de mim.
Criação, Soberania, Eleição, Existência de Um único Deus, Natureza de Deus, Adoração e Louvor.

2. Não farás para ti imagens de escultura.
Existência de um único Deus, O zelo ou cuidado de Deus, adoração e louvor.

3. Não tomarás o nome do teu Deus em vão.
A santidade de Deus, Humanidade, Relacionamento com Deus, Adoração, Reverência.

4. Lembra-te do dia do sábado para o santificar.
Eleição, Adoração, Ética Cristã.

5. Honra o teu pai e a tua mãe.
Ética cristã, Caráter do homem, Preservação dos valores familiares, Regra Maior das Relações humanas, Mordomia, Cuidados familiares, Autoridade dentro da Família.

6. Não matarás.
Ética cristã, Assassinato, Criação, Respeito com a vida, Humanidade, Valores, Consciência Moral, Relacionamentos, pecado, violência.

7. Não adulterarás.
Respeito à Família, Pecado Sexual, Humanidade, Consciência Moral, Casamento, Relacionamentos, pecado, desejo pecaminoso, Ética Cristã, Caráter.

8. Não furtarás.
Ética Cristã, honestidade e sinceridade, Humanidade, Consciência Moral e egoísmo.

9. Não darás falso testemunho.
Ética cristã, Honestidade, sinceridade, lealdade, humanidade, Consciência moral, relacionamentos, pecado, injustiça.

10. Não cobiçarás.
Ética cristã, cobiça, humanidade, consciência moral, relacionamentos, pecado, desejos malignos.

As bem-aventuranças e os alguns ensinos pessoais

1. Bem-aventurado os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos Céus.
O desejo e o coração de Deus são aqui expostos como nunca antes. Testemunhas inspiradas preservaram para nós os ensinos do Filho de Deus. A necessidade essencial que o homem tem de Deus, e a morada de Deus para o homem.

2. Bem-aventurados os que choram, porque eles serão consolados.
Em João 14:16 temos a descrição do ministério do Espírito Santo. Jesus nos disse que Ele viria para ser o nosso Conselheiro e Consolador.

3. Bem-aventurados os mansos, porque eles herdarão a terra.
A mansidão sempre nos lembra que tem Um em controle de todas as coisas. Para ser manso é preciso ser valente e corajoso, nao confunda ser manso com ser covarde. O ensino da Soberania de Deus.

4. Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque eles serão fartos.
A esperança, a proteção e o cuidado de Deus.O Desejo de cumprir os designios de Deus na Terra.

5. Bem-aventurados os misericordiosos, porque eles alcançarão misericórdia.
A misericórdia de Deus. Só quem experimenta a misericordia dos outros para si, entende completamente a nescessidade de exercer misericoridia com o próximo.

6. Bem-aventurados os puros de coração, porque eles verão a Deus.
Pureza, Moralidade e Santidade.

7. Bem-aventurados os pacificadores, porque eles serão chamados filhos de Deus.
O caráter de Deus.

8. Bem-aventurados os que sofrem perseguição por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus.
A justiça de Deus.

9. Bem-aventurados sois vós quando vos injuriarem, e perseguirem, e, mentindo, disserem todo tipo de insultos contra vós por minha causa. Regozijai-vos e alegrai-vos, porque é grande o vosso galardão nos céus.
A recompensa de Deus

quarta-feira, 12 de janeiro de 2011

CONHEÇA O PROEN !

Projeto Encorajamento - PROEN
Dando apoio aos vocacionados no sertão nordestino.


Pastoreei durante 5 anos uma igreja em Angicos no sertão do RN e absorvi experiência, tanto de alegrias, milagres e também de sofrimento.
Receber visita no interior nem sempre é positivo. Chega um ônibus, repleto de jovens, músicos, pregadores e convertem-se alguns, na semana seguinte os novos decididos e o pastor local deparam-se com a realidade de igreja vazia e isso é realmente desanimador. E os novos decididos pensam não foi essa igreja que eu estava na semana passada...
Ficamos achando que há algo errado conosco, que perdemos a unção, que estamos fazendo algo errado e o desejo de desistir é inevitável.
Quero deixar claro que este projeto não é uma mobilização evangelística, a Idéia é levar ânimo aos líderes e eles transferirem esse legado de alegria a igreja local, contagiando-os a levarem a mensagem das boas novas.

Os comentários adicionais estão entre parênteses.

Visão
Somos uma agência do reino de Deus levando encorajamento aos líderes cristãos evangélicos de todo o nordeste brasileiro.
(nossa meta é iniciar no Rio Grande do Norte e alcançar todo o Nordeste)
Mantemos a transparência e o altruísmo, evitando a todo custo o partidarismo político e/ou sectarismo.
(Evitaremos sermos confundidos com alguma ideologia política partidária, zelando pela unidade da igreja e respeitando as denominações e suas práticas)
Esforçamo-nos para levar conforto às famílias de Pastores e Missionários, oferecendo palestras, ajuda material e facilitando seu intercâmbio com outras cidades.
As palestras poderão ser em vídeo ou presenciais e não terão cunho doutrinário.
A ajuda material não será divulgada abertamente, não haverá promessas neste sentido, mas faremos esforços em conseguir atender as mais urgentes.
Estas necessidades serão identificadas durante o pré-cadastro, e será questionado: Qual é sua maior necessidade material hoje? E Qual a maior necessidade material de sua igreja hoje?

Missão
O PROEN nasceu da carência de apoio dada aos pastores evangélicos de baixa renda e suas famílias que moram nas cidades distantes das capitais nordestinas.
(embora pretendendo atender todos os lideres sem discriminação, os pastores que ganham menos se beneficiarão com subsídios maiores)
O PROEN mobiliza pessoas e empresas para alcançar este objetivo e oferecer ajuda de forma gratuita.
Há 4 grupos de atuação distinta: Pastores, Cônjuges, Filhos de Pastores e Jovens e que em cada cidade poderão atuar simultaneamente ou não.
(poderemos ter na cidade sede, 4 encontros distintos ou apenas trabalharemos os pastores, isso dependerá do resultado do cadastro)

Como será a mecânica, como vai funcionar?

Serão escolhidas as cidades que sediarão (cidades sedes) e faremos o mapeamento das localidades que ficarem num raio de até 40 km.
Proceder-se-á o pré-cadastro das igrejas e líderes de cada localidade e com isso identificar-se-ão as necessidades básicas existentes, tanto dos pastores como das Igrejas.
(isso não significa que faremos assistencialismo, mas faremos um grande esforço de possibilitar uma possível ajuda.)
Sempre será prioritário o trabalho com pastores.
Os participantes receberão:
Despesas de traslado (entre a cidade que mora e a cidade sede), Material do participante e a Alimentação.

Voluntariado
Os voluntários do PROEN podem atuar como:
• Colaborador (atuará pessoalmente),
• Contribuidor (ajuda financeira) e
• Divulgador.

Pretendemos fazer o primeiro projeto em Junho de 2011, Podemos contar contigo?
Precisamos muito de pessoas de todo o mundo para conseguir apoio de muitas Igrejas levando-as a adotarem pequenas cidades, patrocinando a ida de alguns pastores e/ou enviando materiais e conseguirmos assim, realizar com excelência.

Se quiser participar das reuniões de planejamento ou ficar informado de cada passo mesmo distante, faça o contato através do meu e-mail servodecristo@yahoo.com.br ou um dos outros contatos abaixo, que manteremos contato.

Obrigado. Pastor Junior Firmino

Twitter: Juniorfirmino2
Facebook: Junior Firmino
Orkut: Pr Junior Firmino – perfil 3
Skype: Juniorfirmino
MSN: Prjrfirmino@hotmail.com
BLOG: http://prayst.blogspot.com/
Telefones: (84) 9407 0021 (claro) 8869 0334 (oi) 8112 8115 (vivo)